Trava de Alta ou Bull Call Spread

<

Uma trava de alta pode ser implementada pela compra de uma call at the money ( ATM ) e pela venda de uma Call de maior strike, ou seja, out the money ( OTM ). As opções compradas e vendidas devem ser do mesmo ativo subjacente e com a mesma data de expiração.

Descrição da Operação

Compra 1 Call ATM
Venda     1 Call OTM

Como o investidor irá receber o prêmio da opção vendida, os custos da operação são reduzidos. Podemos analisar os possíveis caminhos da operação através do gráfico abaixo:

Graph showing the expected profit or loss for the bull call spread option strategy in relation to the market price of the underlying security on option expiration date.
Lucro/Prejuizo da Trava de Alta

Logo ao montar a operação o investidor já estará com saldo negativo, uma vez que o dinheiro usado na compra da opção ATM será maior que o dinheiro recebido na venda da opção OTM. Nesse cenário podemos perceber pelo gráfico que se o preço da ação subjacente cair abaixo do strike da Call ATM comprada as duas opções se "tornam pó" e o prejuizo da operação será a totalidade do dinheiro gasto para montar a operação.

Porém se o preço da ação subjacente se valorizar ( preço se deslocando para a direita no eixo x ) acima do preço do strike da opção vendida, as duas opções serão exercidas, ou seja, o investidor será exercido na opção vendida e exercerá a Call comprada. Dessa forma o lucro máximo da operação será dado por :

Lucro = Strike da Call vendida - Strike da Call comprada - prêmio pago - corretagens + prêmio recebido

Podemos observar ainda pelo gráfico que não importa quanto a ação suba acima do strike da opção vendida, o lucro do investidor vai estar travado.

Examplo:

Vamos utilizar como ativo subjacente a PETR4 no dia 19/06/2012 que teve preço de fechamento de R$ 19,75 ;
Vamos comprar a Call ATM mais próxima que é a PETRG20 que tem strike igual a 19,71 e está cotada a R$ 0,77;
Vamos vender a Call OTM PETRG22 que tem strike = 21,71 e está cotada a R$ 0,11;
Não vamos considerar o valor da corretagem no calculo.

Montada dessa forma, o lucro máximo da operação será de:

Lucro = Strike da Call vendida - Strike da Call comprada - prêmio pago - corretagens + prêmio recebido

Lucro = 21,71 - 19,71 - 0,77 - 0 + 0,11

Lucro = R$ 1,34 por opção.

O ponto onde o lucro e o prejuizo se igualam, ou breakeven point é dado por :
Breakeven Point = Strike da call comprada + premio pago pela opção comprada - premio recebido da opção vendida

Breakeven Point = 19,71 + 0,77 - 0,11 = 20,37

O prejuizo máximo é dado por :
Prejuízo máximo = premio pago pela opção comprada - premio recebido da opção vendida

Prejuízo máximo = 0,77 - 0,11 = 0,66

Importante:

Se o investidor realizar a operação comprando 1000 PETRG20 e levar a operação até a data de vencimento ele deverá possuir em caixa o valor necessário para exercer as opções, isto é: R$ 19.710,00 (1000 x preço de exercício da PETRG20) !